Login

 Contribuição de Carulina para os amigos e familiares de concurseiros.

                   Contribuição de Carulina para os amigos e familiares de concurseiros.

 

Olá amigos, mais uma vez obtive um retorno inesperado do texto sobre motivação, muito obrigado, este retorno acaba sendo inspirador.

Um dos pontos mais importantes para minha aprovação foi o apoio de minha de esposa. A rotina de nossos familiares é notadamente mais angustiante que a nossa, pois estamos na frente de batalha e eles apenas esperam notícias, assim possuem uma experiência muito rica para nos relatar, e deste modo sugeri à minha esposa que relatasse sua trajetória me acompanhando.

Seguem abaixo as impressões de minha esposa Carulina Rosa sobre o concurso público para a magistratura do trabalho.

“Pois é, amigos. Confesso que fiquei surpresa, quando meu marido sugeriu para que fizesse um relato a respeito de minha experiência como esposa de “concurseiro”. Sempre conversávamos a respeito do que uma esposa, esposo ou namorada, passam no decorrer deste processo.

Certo dia, esperando um resultado de alguma fase, de algum TRT, que nem me recordo mais, pois foram tantos, eu falei para meu esposo enquanto teclava “F5” para atualizar as informações – “Poderia criar um ícone no fórum “CorreioWeb” com o “Nick” Esposa/Namorada de “Concurseiro”, para compartilha as nossas ansiedades.

Nós sofremos juntos, lutamos, nos privamos de tempo, períodos de diversão, viagens, compras e aniversários. Eu ainda tinha uma nenê recém nascida, fomos privados de momentos que não voltam mais.

O processo não foi fácil, mas atualmente, após a aprovação do Glauco, atribuo o maior valor a tudo que passamos. Entendo claramente que tudo isso contribuiu para o amadurecimento dele e meu também.

Acabamos nos privando muito financeiramente, a rotina de concursos traz consigo um número infindável de despesas com livros, cursos, viagens. Recordo-me que por vários momentos cheguei a pensar em falar para ele desistir, mas nunca externei este sentimento e pelo contrário, sempre que me dizia sobre livros ou cursos, eu dizia “vai, se estamos na chuva é para nos molharmos”.

O que me angustiava era o fato de não saber quando esta chuva iria passar, mas tinha fé que este dia iria chegar.

Passar em frente a uma loja e não comprar aquele vestido, ou aquele sapato, ouvir que todos foram para Orlando e você não, ouvir o descrédito dos demais familiares. Frases em aniversários do tipo “Ah, o Glauco não veio de novo”. Ou então: “Puxa ele tá demorando a passa”). Tudo isso fica muito pequeno, após a alegria do resultado positivo.

Como mencionei, tudo foi para o amadurecimento. Hoje sabemos que ele lida  com pessoas , decide algumas causas que por vezes tratam de valores financeiramente baixos, mas em algum momento para nós aquele valor também foi alto. E para um trabalhador digno e uma empresa honesta a sentença dele terá muita força e impacto na impressão que terão do Poder Judiciário e da sociedade. Este período serviu para nos ensinar a olhar para o próximo e ter empatia e se solidarizar com ele. Pesamos que um Juiz não pode viver em uma redoma, alheio à realidade social.

Cada um de vocês tem ou terá a sua experiência e o seu processo, mas com a certeza que a chuva passa e o grande dia chegará.

E com fé em Deus podemos dizer. Tudo podemos naquele que nos fortalece.

Um grande abraço!”

Assim amigos, esta foi a contribuição da minha esposa, e confesso que a imagem mais linda de minha aprovação foi ver ela, meu pai e minha mãe se abraçando emocionados e minha filha pulando ao lado. Assim como ela disse, todo o processo valeu e parece que foi até pouco perto da alegria que sentimos.

* Glauco Bresciani Silva – Juiz do Trabalho Substituto do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região – Pós Graduação em Filosofia e Teoria Geral do Direito pela PUC-MG.

27 de Janeiro de 2018
top
Preparo Jurídico -2018 - All rights reserved.